Eu Vim Passear

Banda: Dingo Bells
Album: Maravilhas da Vida Moderna (2015)

 

Ficha Técnica:

Produção, direção e montagem: Roberto Burd
Roteiro: Roberto Burd e Dingo Bells
Assistente de direção: Theo Portalet
Direção de produção: Mônica Catalane
Coordenação de produção: Joana Burd
Direção de arte: Raiza Antunes
Assistente de arte: Laura Gutierrez
Contraregra: Emerson Figueiredo – Baby
Artista convidada: Martina Nickel
Direção de fotografia e finalização: Lucas Tergolina
Assistente de câmera: Mano Josias Salvaterra
Assistente de câmera: Sebastião Coelho
Elétrica: Marcos Alexandre da Silva – Markito
Maquinária: Luis Eugenio Dutra – Kunta
Locação e ensaio fotográfico: Rodrigo Bello Marroni
Transporte: Marcos Padilha
Elenco: Lipe Albuquerque

Produção: Organismo Filmes
Apoio: Musgo Design, Locall Poa, Accorde Filmes

Agradecimentos: Paulo Nanscimento, Marilaine Castro da Costa, Marcio Papel, Aline Bastos D’ávila, Ivan Luis Lopes Trindade, Wilton Soares, Bruno Torres

 

Dingo Bells:

Diogo Brochmann
Felipe Kautz
Rodrigo Fischmann

Porto Alegre, março de 2015

CONTATO
contato@organismofilmes.com
+55 51 98407 3338
NOTÍCIAS

E Sérgio Neiva arrebenta, encontrando a alegria nos outros enquanto na maioria das vezes não consegue esconder sua própria tristeza. Um verdadeiro Pagliacci contemporâneo. Mais um longa concluído como 1AD. Viva o cinema nacional ié ié ❤️

O desafio do projeto, na mão do querido e talentoso diretor @marcoadecarvalho era transpor esse folclórico personagem para situações cotidianas em que Serginho tentaria ser ele mesmo pra voltar a ser quem todo mundo achava que ele era.

Sempre fui fascinado pela figura do palhaço. Quando fui chamado pra esse projeto e vi a história que íamos contar, entendi que Sérgio Mallandro mistificou ele mesmo ao longo das décadas, repetindo seus bordões e se consagrando como um dos mais referenciados comediantes desse país

Copyright 2012 – 2019 Organismo Filmes. Todos os direitos reservados.